to top

Carta de uma criança

"Queridos papais, Por favor nao me estraguem com bens materiais. Eu sei muito bem que não vou ter tudo aquilo que pedir. Estou apenas a testar-vos. Não tenham medo de ser firme comigo. Eu prefiro, faz-me sentir segura. Não me deixem criar maus hábitos. Eu tenho que confiar em vocês para os detetar atempadamente. Não me façam sentir mais pequeno do que realmente sou. Isso só me faz comportar de forma “estupidamente crescido”. Se for possível, não me corrijam em frente às outras pessoas. Vou prestar muito mais atenção se falarem comigo calmamente e em privado. Não me façam sentir que os meus erros são pecados. Isso perturba o meu sentido de valores. Não me tentem proteger das consequências. Às vezes preciso de aprender de uma forma...

Continue reading